fbpx
Empreendedorismo feminino

Compartilhe esse post:

Share on facebook
Share on linkedin
Share on twitter
Share on email

Empreendedorismo feminino: 6 mulheres para você se inspirar

Vamos ser sinceros: não é nada fácil ser mulher no mundo dos negócios.

Claro, essa é uma afirmação que surpreende um total de “zero” pessoas, até porque, em um país onde as empreendedoras estudam 16% a mais do que os homens do setor, mas ganham aproximadamente 20% a menos do que eles, podemos esperar de tudo.

Esses números, inclusive, foram divulgados no início do ano pelo Global Entrepreneurship Monitor (GEM), o maior estudo unificado de empreendedorismo do mundo. Além disso, a pesquisa também mostrou que, mesmo com as dificuldades, as brasileiras já ocupam o sétimo lugar mundial entre as mais dispostas a superarem as barreiras e começarem uma empresa do zero.

Se você está nessa jornada, nada de desanimar, combinado? Aqui vai uma lista com seis grandes mulheres que começaram sem nada, venceram um mercado dominado por homens e criaram organizações que valem milhões, para você se inspirar!

Fique de olho nessas mulheres que celebram o poder do Empreendedorismo feminino e revolucionam seus negócios

1. Cleusa Maria

Tudo bem, talvez você não conheça essa empresária pelo nome, mas seus produtos (e o império que ela criou) são inconfundíveis. Quantas vezes, ao bater aquela vontade de uma bela fatia de bolo no final da tarde você já pensou na Sodiê Doces?

Foi com uma de suas patroas que Cleusa, depois de anos trabalhando como empregada doméstica em São Paulo, aprendeu o ofício de confeiteira que, anos mais tarde, lhe renderia sua primeira loja na cidade. Em pouco tempo, o lugar já bombava de clientes enlouquecidos por seus doces.

O resultado? Mais de 300 lojas espalhadas atualmente pelo Brasil e uma em Orlando, nos Estados Unidos.

2. Cristina Junqueira

O Nubank virou uma febre nos últimos anos, principalmente entre os jovens, graças ao seu cartão “roxinho” sem taxas adicionais. A fintech (como são conhecidas as empresas que buscam revolucionar o mercado financeiro com o uso de tecnologias) entrou até mesmo para o seleto grupo de empresas “unicórnio”, ou seja, startups avaliadas em mais de US$ 1 milhão.

Se você está se perguntando onde está a “veia empreendedora” de Cristina, nós contamos: após se formar pala USP e se especializar nos Estados Unidos, Junqueira passou em um processo seletivo para um grande banco brasileiro, no qual foi altamente reconhecida.

No entanto, quando ela se cansou de seguir sempre as mesmas ideias, pediu a conta, juntou tudo o que tinha e, na companhia de outros dois sócios, fundou o Nubank, que começou suas operações absolutamente do zero.

3. Nathalia Arcuri

Aos 35 anos, a jornalista nascida em Mogi das Cruzes é uma das mulheres que você precisa conhecer (mas é provável que já conheça, não é mesmo?). Nathalia largou uma bem-sucedida carreira como repórter em grandes emissoras brasileiras para se dedicar ao empreendedorismo das mulheres e à educação financeira.

Hoje, seu canal no YouTube é considerado o maior do mundo sobre o assunto.

4. Oprah Winfrey

Oprah Winfrey não é só mais uma inspiração para o celebram o poder do Empreendedorismo feminino.

Ela é uma verdadeira fonte de inspiração para pessoas do mundo todo. Reconhecida por vencer dezenas de obstáculos e se posicionar como comunicadora e mulher de negócios, sua história é até hoje contada como exemplo de crescimento pessoal e profissional.

Além de apresentadora e produtora, Winfrey também é escritora, atriz e influenciadora digital. Sem dúvida, uma mulher cheia de talentos, não é mesmo?

5. Sabrina Nunes

Tudo começou em 2012, quando Sabrina teve a ideia de comprar R$ 50 em materiais para produzir algumas bijuterias e conseguir uma renda extra. Depois de ter trabalhado durante anos em um canavial em Maracaju, Mato Grosso do Sul, e conseguido se formar em um curso superior, Nunes iniciou a venda dos seus acessórios pela internet, afinal, não tinha nada a perder.

O crescimento das vendas foi absurdo e hoje sua loja online já comercializa mais de 12 mil peças por mês, com faturamento na casa dos milhões. Sua marca? Nada menos do que a sensacional Francisca Joias!

6. Jane Muniz

Aos 39 anos, Jane Muniz pode dizer, com todas as letras, que conseguiu criar um verdadeiro império. Fundadora do Grupo Beauty, composto por marcas como o Spa das Sobrancelhas, Jane começou a trabalhar muito cedo, logo que perdeu a mãe, aos oito anos.

Já maior de idade e junto com o namorado, que viraria marido e sócio, Muniz investiu tudo o que tinha em um salão de beleza e, mais tarde, se especializou no cuidado com as sobrancelhas. No final das contas, o negócio explodiu, faturando atualmente, na casa dos R$ 100 milhões.

Curtiu descobrir mais sobre essas mulheres incríveis e sobre o Empreendedorismo feminino?

Então venha conhecer agora mesmo a maior comunidade de vendas no Instagram do Brasil! Quem sabe não é você a próxima empreendedora de sucesso por aqui?

Veja mais...

Descubra Como Empreendedores E Profissionais Liberais estão driblando a crise e faturando de 5 a 60 mil Reais Por Mês Apenas Pelo Instagram

Vitrine360 Empreendimento Digitais © 2019

Rolar para cima

Calma, não vai embora ainda, olha o que eu tenho pra você:

COMO GANHAR MAIS SEGUIDORES, AUMENTAR SEU ENGAJAMENTO E VENDER NO INSTAGRAM TODOS OS DIAS!

Mesmo que você Tenha Poucos Seguidores, Tenha Um Feed Desorganizado E Não Entenda Da Ferramenta.

Calma, não vai embora ainda, olha o que eu tenho pra você:

COMO GANHAR MAIS SEGUIDORES, AUMENTAR SEU ENGAJAMENTO E VENDER NO INSTAGRAM TODOS OS DIAS!

Mesmo que você Tenha Poucos Seguidores, Tenha Um Feed Desorganizado E Não Entenda Da Ferramenta.

AULA INÉDITA REVELA

Como Ganhar Mais Seguidores, Aumentar Seu Engajamento e Vender no Instagram Todos os Dias!

Mesmo que você Tenha Poucos Seguidores, Tenha Um Feed Desorganizado E Não Entenda Da Ferramenta.

Jessica_popup